Tudo que você precisa saber sobre dietas fáceis de fazer

Você sempre recorre a dietas fáceis de fazer porque emagrecem mais rápido ou por que não te fazem sofrer tanto? Dietas não são fáceis de jeito nenhum, pois se o seu organismo está acostumado com um estilo de alimentação, será muito difícil mudar em apenas alguns dias.

Dietas fáceis de fazer

Essas dietas para emagrecer geralmente não têm continuidade alguma, portanto o organismo não cria um  hábito regular para sustentar a perda de peso, fazendo com que os quilos voltem com mais força ainda.

Se você acostuma seu organismo a dietas fáceis de fazer, sem dar uma continuidade regular, pode causar o efeito sanfona. Esse efeito sanfona, ou seja, engorda e emagrece várias vezes, cria flacidez e estrias o que é bem pior que um sobrepeso.

Dietas fáceis de fazer - reeducação alimentar

Existe, porém, uma fórmula de dieta que garante um emagrecimento saudável e contínuo. A reeducação alimentar, isso mesmo, quando você reeduca o seu organismo a uma alimentação adequada está garantindo perda de peso e medidas e uma qualidade de vida muito maior.

Dietas fáceis de fazer - intervalo entre refeições

Ao contrário do que muitos dizem, o sistema digestório precisa de no mínimo 5 horas de repouso para fazer o processo de desmontagem do alimento até a excreção do desnecessário. O estudo comprovado desse fato você encontra na literatura do Dr. Silmar Cristo, médico PhD em saúde natural. Veja ainda o estudo sobre o ciclo circadiano. O ciclo que exclui a alimentação noturna baseados em fatos fisiológicos, que comprovam que não há digestão dos alimentos ingeridos após o por do sol.

Dietas fáceis de fazer - DVD Dr. Silmar Cristo

Esta entrada foi publicada em Dicas para emagrecer. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>